Parte 7: Quais empregos colocam você em uma posição melhor? As duas formas mais comuns pelas quais as pessoas acidentalmente sabotam sua carreira desde cedo

NOTA: essa é uma tradução não oficial do Guia de Carreiras original e pode não corresponder a versão mais atualizada, a qual pode ser acessada em: https://80000hours.org/career-guide/career-capital/

Por Benjamin Todd · Última atualização Abril de 2017

Sumário

Criança prodígio
Mozart é uma das “crianças prodígio” mais famosas, mas é menos sabido que seu pai era um professor de música mundialmente famoso e começou a treiná-lo a partir dos 3 anos de idade. A irmã de Mozart também era uma musica talentosa. Esta é uma pintura dos três praticando juntos. Grande habilidade requer muita prática.

Kate queria fazer a diferença, então ela fez a coisa óbvia – ela foi trabalhar em uma instituição sem fins lucrativos ao sair da universidade. 1 No entanto, ela rapidamente atingiu um teto em termos de quão longe ela poderia avançar.

Perguntamos aos líderes de organizações sem fins lucrativos se faz sentido começar sua carreira neste setor. Eles disseram que você geralmente pode avançar mais rápido no setor corporativo porque você recebe um treinamento melhor, e é de lá que eles contratam pessoas.

Kate acabou voltando ao setor corporativo e lá ficou por vários anos, e teria chegado mais longe se tivesse feito isso desde o início. Conhecemos muitos outros exemplos de pessoas que sentem que desperdiçaram anos de suas carreiras.

Não cometa esses erros. Embora seja bom fazer a diferença imediatamente, você também precisa investir em si mesmo para maximizar seu impacto a longo prazo. Isso significa construir o que chamamos de “capital de carreira”: habilidades, conexões e credenciais que o colocarão em uma posição melhor para fazer a diferença no futuro.

Além disso, é importante construir um capital de carreira flexível – que será relevante em trabalhos diversos no futuro, à medida que a tecnologia mudar. Isso impede que você fique preso em um beco sem saída, especialmente no início da carreira.

Construindo capital de carreira e sendo estratégico, há muita coisa que qualquer um pode fazer para se colocar em uma posição melhor, de modo a ter uma carreira satisfatória e ser capaz de fazer a diferença.

Tempo de leitura: 15 minutos.

Em resumo

Capital de carreira é tudo o que o coloca em uma posição melhor para fazer a diferença no futuro, incluindo habilidades, conexões, credenciais etc.

Obter esse capital é importante ao longo de toda a sua carreira, mas especialmente quando você é jovem e tem muito a aprender.

Quanto mais no começo você estiver de sua carreira, e quanto menos certo você estiver sobre o que fazer no médio prazo, mais você deve se concentrar em ganhar capital de carreira que seja flexível, ou seja, útil em muitos setores e carreiras diferentes.

Algumas das melhores maneiras de ganhar capital de carreira logo no início incluem:

  • Trabalhar em qualquer organização, ou com qualquer pessoa, que tenha uma reputação de alto desempenho, por exemplo, empresas de consultoria ou de tecnologia, ou qualquer trabalho com um grande mentor ou equipe.
  • Fazer determinados estudos de pós-graduação, especialmente aplicados a temas quantitativos como economia, ciência da computação e matemática aplicada.
  • Qualquer coisa que lhe dê uma habilidade valiosa e transferível, por exemplo, programação, ciência de dados, marketing.
  • Aproveitar as oportunidades que lhe permita realizar coisas impressionantes e socialmente valiosas, tal como fundar uma organização ou fazer qualquer coisa em que você possa se destacar.

Há também muitas maneiras de ganhar capital de carreira em qualquer trabalho, que abordaremos em um artigo posterior.

Erro 1: Ignorar oportunidades de investir em você mesmo

Se você quiser aumentar seu impacto social, terá que escolher: tentar fazer a diferença imediatamente, ou investir em si mesmo para causar um impacto maior a longo prazo. Qual dos dois é melhor?

Esta é uma questão complexa (e você pode ver mais de nossa pesquisa aqui ), mas achamos que muitas pessoas deveriam se concentrar em investir em si mesmos no início de sua carreira. Por quê?

As pessoas gostam de celebrar os Mozarts e Mark Zuckerbergs do mundo – pessoas que alcançaram grande sucesso quando jovens – e há todos os tipos de prêmios para jovens líderes, como o Prêmio Forbes 30 abaixo dos 30 anos . Mas essas histórias são interessantes precisamente porque são a exceção. Se você deseja obter seu emprego dos sonhos, provavelmente precisará investir em si mesmo primeiro.

A maioria das pessoas atinge o pico de seu impacto na meia-idade. A renda geralmente atinge o pico aos 40 anos, sugerindo que leva cerca de 20 anos para que a maioria das pessoas atinja seu pico de produtividade. 2 Da mesma forma, os especialistas só atingem o máximo de suas capacidades entre os 30 e 60 anos de idade, 3 e esta idade está aumentando com o tempo. 4

CampoPico da idade produtiva
Física teórica, poesia lírica, matemática puraCerca de 30
Psicologia, químicaCerca de 40
Escrita de romances, história, filosofia, medicinaCerca de 50
Negócios – idade média dos CEOs da S&P50055
Política – idade média do primeiro mandato presidencial (EUA)55

Quando os pesquisadores analisaram mais detalhadamente essas descobertas, descobriram que para alcançar o desempenho do nível de um especialista em campos estabelecidos se faz necessário de 10 a 30 anos de prática focada. 5 K. Anders Ericsson, o líder deste campo de pesquisa que vem trabalhando nisso há mais de 30 anos, disse:

Eu nunca encontrei um caso convincente de alguém ter desenvolvido habilidades extraordinárias sem prática intensa e prolongada.

Mozart e Zuckerberg tiveram sucesso jovens, porque começaram jovens. O pai de Mozart era um famoso professor de música e o treinou intensamente quando criança.

Tudo isso pode soar um pouco desestimulante: ser bem sucedido leva tempo. Mas considere o lado bom: você pode melhorar.

Muitas pessoas vêm até nós dizendo: “Não tenho certeza se tenho alguma habilidade útil para ajudar”. E isso é muitas vezes verdade. Se você acabou de se formar, provavelmente passou os últimos quatro anos estudando Moby Dick, mecânica quântica, e Descartes, e seu futuro trabalho provavelmente não envolverá nenhuma dessas coisas.

No entanto, a pesquisa de Ericsson sugere que qualquer um pode melhorar em muito suas habilidades com a prática focada. Claro, o talento também é importante – se você tem 2,1 m de altura, será muito mais fácil ficar bom no basquete – mas isso não significa que pessoas baixas ainda não possam melhorar seu jogo. Isso significa que, mesmo que você não sinta que tem muito a contribuir agora, pode se tornar muito mais habilidoso no futuro e, provavelmente, continuar melhorando por décadas.

Em nossos aconselhamentos, vimos muitos exemplos de pessoas se tornando mais bem-sucedidas, felizes e capazes ao investir em si mesmas, muitas vezes em áreas surpreendentes, em que nunca imaginaram que seriam boas. Nós vamos cobrir alguns exemplos depois.

Tudo isso significa que há uma boa chance de você ter um impacto maior ao longo da vida, investindo primeiro em si mesmo. Por esse motivo, nosso conselho é estar sempre à procura de oportunidades para construir capital de carreira. Como acabamos de ver, as pessoas continuam aumentando seu capital de carreira durante seus 40 e 50 anos.

No entanto, o capital de carreira é especialmente importante no início dela: quanto mais cedo você aumentar suas habilidades, mais tempo terá para fazer uso deste aumento e maior será o ganho total. Assim, no início da carreira, o ideal é encontrar um emprego que ofereça tanto impacto quanto capital de carreira, mas, se forçado a escolher entre os dois, incline-se ao capital de carreira.

Isso não significa ignorar o impacto social – é melhor permanecer envolvido por meio de voluntariado, conferências, doações de 1 a 10%, e assim por diante, para que você fique motivado e continue aprendendo. E se você se deparar com uma oportunidade especialmente boa de impacto, talvez seja melhor se concentrar nisso. A questão, neste caso, é onde colocar seu foco na maior parte do tempo.

(Avançado: exatamente como encontrar este equilíbrio é uma questão complexa que, em última análise, depende de quais problemas você acha que são mais urgentes – fizemos uma análise mais aprofundada aqui).

Como comparar duas opções em termos de capital de carreira

Veja mais detalhes sobre o que buscar:

Habilidades – o que você aprenderá neste trabalho, e com que rapidez você aprenderá? Você pode dividir as habilidades em : habilidades transferíveis, conhecimento, e traços de personalidade. Algumas habilidades transferíveis especialmente úteis incluem: produtividade pessoal, análise e solução de problemas, capacidade de aprender rapidamente, tomada de decisões, habilidades sociais e gerenciais. Nós cobrimos por que e como aprendê-las em um artigo posterior . Se você quer fazer o bem, você também precisa aprender tudo sobre os problemas mais urgentes do mundo, e como resolvê-los. Um trabalho lhe fornecerá melhor aprendizado se você for pressionado a melhorar. recebendo muitos comentários de seus mentores.

Conexões – com quem você trabalhará e se encontrará neste trabalho? Suas conexões são como você encontrará oportunidades, divulgará ideias e iniciará novos projetos. As pessoas com quem você passa tempo também moldam seu caráter . Por estes dois motivos que é importante se conectar com pessoas que sejam influentes e também que se importem com o impacto social de seu trabalho.

Credenciais – este trabalho funcionará como uma boa indicação para futuros colaboradores ou empregadores? Note que não nos referimos apenas a credenciais formais como ter uma graduação em direito, mas também suas conquistas e reputação. Se você é escritor, é a qualidade do seu blog. Se você é um programador, é o seu GitHub.

Colchão de emergência – quanto dinheiro você vai economizar neste trabalho? Seu colchão de emergência é quanto tempo você pode viver confortavelmente sem renda. Depende tanto de suas economias e de quanto você conseguiria reduzir suas despesas. Recomendamos mirar em um colchão de pelo menos seis meses para manter sua segurança financeira. 12 a 18 meses é ainda mais útil porque lhe dá a flexibilidade para fazer uma grande mudança de carreira. Geralmente, vale a pena pagar dívidas com juros altos antes de doar mais de 1% ao ano ou aceitar um grande corte de salário para um impacto maior.

Erro 2: Não construir capital de carreira flexível que será útil no futuro.

Vimos que o capital de carreira é importante, especialmente no início da carreira, mas que tipo de capital de carreira você deve procurar obter?

Anteriormente, vimos o exemplo de Kate, que foi trabalhar numa ONG. Trabalhadores em ONGs não apenas desenvolvem suas habilidades mais lentamente, como também são menos flexíveis . É amplamente conhecido no setor sem fins lucrativos que é mais fácil ir de um emprego no setor privado para um em uma ONG do que vice-versa. Então, se você está em dúvida entre os dois, uma posição no setor privado oferece mais flexibilidade.

Outro caso que serve de alerta é o de Topher, que estava fazendo um doutorado em filosofia mas percebeu que provavelmente não conseguiria nenhuma posição acadêmica que tinha vontade de seguir, então ele largou o curso e teve que se reciclar. Descobrimos que muitas pessoas começam um doutorado e depois percebem que odeiam o mundo acadêmico e que o doutorado não é de muita ajuda fora da academia. Elas acabam se sentindo como se tivessem praticamente desperdiçado quatro anos.

Tara treinou e trabalhou como farmacêutica na Cruz Vermelha. Eventualmente, ela percebeu que poderia ter um impacto maior em outros lugares, mas todo o conhecimento especializado que aprendeu em farmácia não seria mais útil. Isso é comum quando as pessoas escolhem cursos especializados que são relevantes apenas para trilhar um único caminho.”Se não tivesse encontrado o site 80.000 horas, não teria como estar no trabalho que estou hoje.”

Foto de retrato de Tara

Esses exemplos mostram que é importante não apenas ganhar capital de carreira, mas ganhar capital de carreira flexível – útil em muitos tipos diferentes de empregos e que provavelmente continuará sendo útil no futuro. Por exemplo, aprender marketing ou administração é flexível porque quase todas as organizações precisam dessas habilidades; enquanto se tornar um especialista em microfinança queniana não é.

Flexibilidade é importante principalmente porque é realmente difícil saber o que o futuro reserva. Muitos dos empregos mais procurados atualmente, como ser um cientista de dados ou um hacker de crescimento, não existiam há dez anos. E parece que o ritmo da mudança será ainda mais rápido nas próximas décadas.

Pensando em se tornar um escriturário legal, técnico médico ou corretor de imóveis? Estes trabalhos podem em breve desaparecer. Várias décadas atrás, xadrez foi apresentado como um exemplo de algo que uma máquina nunca poderia fazer. Mas em 1997, Kasparov foi derrotado pelo programa de computador Deep Blue. Em 2004, dois especialistas em inteligência artificial usaram a direção de caminhões como um exemplo de trabalho que seria muito difícil de automatizar. 6 Hoje, os carros autônomos já estão na estrada. Em 2014, Nick Bostrom previu que levaria dez anos para um computador derrotar o melhor jogador humano no antigo jogo chinês, Go. Mas isso foi alcançado em março de 2016 pelo Google DeepMind. 7

Dois pesquisadores em Oxford estimaram que cerca de metade dos empregos correm alto risco de automação nos próximos vinte anos . Os trabalhos mais em risco incluem muitas posições de “colarinho branco”e não apenas trabalhos manuais.

Os trabalhos mais seguros são aqueles que envolvem criatividade, solução de problemas de alto nível e inteligência social, tais como administração, marketing, trabalho social e engenharia.

Além dessas mudanças tecnológicas, hoje as pessoas competem nos mercados globais e não apenas nos nacionais. Esta combinação está aumentando as recompensas de se estar no topo em seu campo. Pense no Whatsapp, que tem apenas 55 funcionários, mas mais de 700 milhões de usuários (em julho de 2016). Nunca teria sido possível para um número tão pequeno de pessoas atender a tantos clientes há algumas décadas.

Essas mudanças não se limitam apenas ao setor de tecnologia; elas estão acontecendo em todos os lugares. JK Rowling se tornou uma das escritoras mais bem pagas de todos os tempos porque Harry Potter se tornou popular em todo o mundo. Isso significa que a importância de construir um bom capital de carreira está aumentando com o tempo.

Cartas de rejeição de JK Rowling
JK Rowling tinha 32 anos antes da publicação do primeiro romance de Harry Potter, e nessa época já escrevia em seu tempo livre há mais de 10 anos. Ela tinha 42 anos antes de terminar a série – alcançando seu pico apenas um pouco antes de outros romancistas. O primeiro livro foi rejeitado 12 vezes por editores, e então ela se tornou uma das autoras mais bem pagas de todos os tempos.

Vimos que é importante construir capital de carreira flexível e a “prova do futuro” porque o mundo está mudando muito rápido. Mas isso não é tudo. Você também vai mudar. Pesquisas mostram que os interesses das pessoas mudam significativamente, e mais do que elas esperam. Pense nos seus hobbies há dez anos. Eles provavelmente são bem diferentes hoje (tirando Pokemon ). Você também continuará aprendendo sobre quais caminhos para sua carreira são melhores.

A flexibilidade é ainda mais importante se você se preocupa com o impacto social, porque permite que você se concentre em qualquer problema que se torne mais urgente no futuro. Na década de 1960, a grande questão era a guerra nuclear e quase ninguém ouvia falar da mudança climática, ao passo que hoje a mudança climática é vista como o maior problema.

Captura de tela 2016-03-02 at 3.23.11 AM
A mudança climática não era amplamente reconhecida na década de 1960, então se você começasse sua carreira naquela época, não teria como prever sua importância.

Estamos otimistas de que a saúde global melhorará muito em vinte anos, por isso será menos urgente. Por outro lado, esperamos que novos problemas mais urgentes sejam descobertos. Isso significa que provavelmente é melhor se dar a opção de mudar de área no futuro, mesmo que isso reduza um pouco o seu impacto no curto prazo.

Em geral, quanto mais incerto você está sobre o futuro e sua carreira, mais importante é ganhar capital de carreira flexível. Uma conseqüência disso é que a flexibilidade geralmente é mais importante no início de sua carreira. Nesta fase, você não tentou nenhum emprego, então é o momento em que você não sabe praticamente nada sobre o que deseja fazer no futuro.

Se você está realmente incerto, então você pode fazer do capital de carreira flexível seu foco principal. À medida que você aprende mais, pode tornar seu plano cada vez mais direcionado. (Nós vamos abordar como fazer isso em um artigo posterior ).

Tenha em mente que o conselho “construir um capital de carreira flexível” não é o mesmo que “não feche nenhuma porta”. Algumas pessoas tentam evitar se comprometer com um caminho específico porque não sabem o que fazer. Em vez disso, o conselho é se comprometer com um caminho no qual você ganhará capital de carreira útil em muitos outros caminhos. Basta escolher uma área, ter um bom desempenho, aprender habilidades valiosas e conhecer pessoas influentes. Você vai acabar em uma posição muito melhor do que se você tentar fazer um pouco de tudo e não conseguir realizar nada.

Quais trabalhos são melhores para início de carreira?

Então, vimos o que é capital de carreira e por que é importante. Mas como você consegue isso? Aqui está uma lista de caminhos que descobrimos que geralmente são bons para ganhar capital de carreira flexível logo no início. Anote qualquer um que possa ser uma boa opção para você.

1 Trabalhe em uma organização em crescimento e que tenha uma reputação de alto desempenho

Rob Mather é o fundador da Against Malaria Foundation (AMF), que a GiveWell classifica como a ONG voltada ao desenvolvimento internacional mais comprovadamente custo-efetiva e bem administrada do mundo. Mas ele começou sua carreira em vendas e consultoria de gestão. Ele diz que essas posições deram a ele as habilidades gerenciais e de persuasão que ele usou para tornar a AMF tão enxuta e eficiente.

Rob Mather – fundador e CEO da instituição de caridade melhor avaliada da GiveWell, Against Malaria Foundation. Crédito da foto: Andrew Testa.

Consultoria não é geralmente vista como uma escolha com motivações sociais. Mas se você não tiver certeza do que fazer a longo prazo, pode funcionar. Consultores entram em uma ampla gama de áreas , incluindo o setor público e social, e muitas vezes chegam a cargos seniores mais rapidamente do que se não tivessem começado em consultoria. O mesmo costuma ser verdade para outros “profissionais liberais”. Se você está preocupado em não ser “sugado” por este estilo de vida, comprometa-se com seus amigos a sair da área depois de um certo número de anos.

A consultoria funciona porque as empresas fazem com que você trabalhe duro, treinam você e te põe com outras pessoas produtivas, desenvolvendo suas habilidades e conexões. Esses trabalhos também são amplamente reconhecidos como posições competitivas, o que lhe dá uma credencial.

Mas existem muitas outras posições que podem fornecer benefícios semelhantes. Na verdade, se você tem uma ideia mais clara sobre o que você quer fazer a longo prazo, então provavelmente há algo melhor do que consultoria.

Qualquer posição em que você tenha um bom mentor ou equipe pode ajudá-lo a aprender rapidamente. E qualquer organização que esteja crescendo rapidamente pode permitir que você ganhe responsabilidades rapidamente.

Aqui estão alguns dos tipos mais comuns de opções que parecem promissoras. Tente identificar quais são as melhores e concentre-se nelas.

Os exemplos seguintes oferecem maior flexibilidade, por isso são melhores se você estiver especialmente indeciso:

O setor de tecnologia

Este setor atrai muitas das pessoas mais ambiciosas, muitas vezes está na liderança quando se trata de “melhores práticas”, está crescendo, e trabalhar no setor pode permitir que você desenvolva habilidades técnicas úteis. Veja nossos perfis em engenharia de software , ciência de dados , um dos primeiros empregados numa startup e fundador de startups.

Consultoria de gestão

Serviços profissionais

Trabalhe em uma empresa pequena, mas em rápido crescimento, com um bom chefe

Os exemplos seguintes são especialmente relevantes para uma determinada área, mas também são bons primeiros passos gerais:

Programas de posições de liderança do governo

Por exemplo, o Civil Service Fast Stream no Reino Unido, ou o Presidential Management Fellowship nos EUA. Essas opções são especialmente boas se você quiser trabalhar em qualquer parte do mundo da política ou do setor social.

Pesquisador em centros de pesquisas (think tanks)

Trabalhando para um político

Cargos nas principais empresas de mídia

Esquemas de aceleração de ensino

Trabalhar nas Melhores ONGs

Qualquer posição com um ótimo mentor ou equipe

Atuar na área do Direito e bancos de investimento também são opções comuns para ganhar capital de carreira e têm características semelhantes às da consultoria. Se você tiver boas habilidades verbais, a lei provavelmente será a melhor opção. Se você tiver habilidades sociais relativamente boas, considere as posições de “negociação” nos bancos de investimento, como fusões e aquisições. Se você tiver relativamente boas habilidades quantitativas, considere vendas e negociação ou gerenciamento de ativos em bancos de investimento.

No entanto, recomendamos geralmente o trabalho de consultoria a essas opções porque: (i) está crescendo, enquanto essas indústrias estão estagnadas e têm uma perspectiva pior (ii) ela parece oferecer uma gama mais ampla de opções (iii) o trabalho é normalmente mais empolgante nos primeiros níveis (embora muitas vezes ainda seja chato!) (iv) você irá explorar várias indústrias (v) há bons argumentos a serem considerados de que algumas partes do direito e do trabalho em bancos são socialmente prejudiciais. Direito também exige um investimento inicial caro.

No entanto, a consultoria é geralmente pior paga, por isso, se você está determinado a ganhar para doar e tem aptidão com direito ou com bancos de investimento, pode fazer sentido entrar em um deles (desde que busque atuar em uma área não prejudicial).

Exemplo: David não sabia o que fazer com sua vida. Ele considerou seriamente um doutorado em relações internacionais, mas decidiu não fazer isso. Trabalhou em finanças, começou e vendeu um negócio, depois trabalhou para o Founder’s Forum for Good, uma rede de empreendedores que quer promover mudanças sociais. Eventualmente, ele teve a ideia de fazer com que empreendedores de startup doassem algumas de suas ações para o altruísmo. A rede de empreendedores e a credibilidade que ele desenvolveu permitiram-lhe acesso às pessoas certas. As habilidades de vendas que ele aprendeu permitiram que ele convencesse suas conexões. Em menos de um ano, ele arrecadou US $ 70 milhões em promessas de doações legalmente vinculantes e está aconselhando os empresários sobre os lugares mais eficazes para se doar.“Ter lido 80.000 horas foi fundamental. Terá aumentado em muitas vezes o impacto que terei ao longo da minha vida. ”

Foto de retrato de David

Embora não sem suas desvantagens, se você não tiver certeza do que fazer, a consultoria é uma boa opção.

2. Buscar algumas áreas de estudo de pós-graduação

Se você quer trabalhar em pesquisa acadêmica, um Centro de pesquisas (think tank) ou na área do Direito, então você provavelmente terá que ir para a pós-graduação. Mas se você não está confiante em seguir uma dessas áreas, pode valer a pena prosseguir com estudos de pós-graduação para obter um capital geral de carreira?

Nossa resposta preliminar é sim, mas apenas se for uma pós que ofereça boas alternativas caso a academia não se mostre interessante para você. Se você estiver interessado em estudos de pós-graduação, clique abaixo para mais informações.

Qual é o melhor programa de pós-graduação para você?

Exemplo: Dillon não conseguia imaginar estudar nada além de filosofia. Então ele descobriu essa pesquisa que mostra que nossos interesses podem mudar facilmente. Convencido, ele decidiu experimentar a economia e a ciência da computação em cursos menores, porque achava que isso abriria mais opções do que filosofia. Ele gostou mais deles do que esperava, e agora pretende fazer um doutorado em economia.“Se você quiser tornar o mundo um lugar melhor, 80.000 horas fornece conselhos valiosos”.

Foto do retrato de Dillon

3 Desenvolver uma habilidade valiosa e transferível

Qualquer opção que lhe dê uma habilidade comprovada, útil e transferível pode ser uma boa opção. Algumas opções concretas que se enquadram nessa categoria incluem:

Campos de treinamento (bootcamp) em programação

Conhecemos muitos exemplos de pessoas que começaram sem experiência em tecnologia e, dentro de seis meses, obtiveram empregos na área de programação bem remunerados e que gostam muito mais do que seus antigos empregos. Programação também é uma habilidade sob demanda crescente que pode ser usada em muitas áreas. Os campos de treinamento (bootcamp) são programas intensivos de três meses que visam obter um emprego o mais rápido possível. Eles costumam ter mais de 90% das taxas inserção no mercado, e alguns são gratuitos a menos que você consiga um emprego. Leia nossa entrevista com um dos principais campos de treino dos EUA e esta entrevista com um campo de treino gratuito em Londres. Alternativamente, você pode aprender sozinho através de muitos dos grandes cursos on-line gratuitos, como o Projeto Odin . Para saber mais sobre essa habilidade, consulte nossa análise de engenharia de software .

Campo de treinamento de ciência de dados

Marketing e vendas

Temos mais informações sobre quais habilidades são mais úteis e como aprender rapidamente em um artigo posterior .

Exemplo: Tendo estudado ciência política e decidido a não seguir na pós-graduação, Peter não sabia o que fazer. Ele considerou direito ou trabalhar em uma instituição de caridade. Mas, em vez disso, ele aprendeu sozinho a programar e tornou-se um cientista de dados em uma startup, porque isso lhe permitiu obter um melhor capital de carreira. Leia mais em sua história completa:“Eu confiei totalmente na pesquisa feita pelo 80.000 horas para tomar minha decisão.”

Foto de retrato de Peter

4. Para construir capital de carreira, dê sua contribuição

Um erro comum neste ponto é pensar que construir capital de carreira sempre significa fazer algo que lhe dê credenciais formais, como um diploma de direito, ou fazer algo de prestígio, como consultoria.

É fácil se concentrar em aspectos concretos do capital de carreira, como trabalhar para uma grande marca; mas os aspectos menos objetivos do capital de carreira – suas habilidades, conquistas, conexões e reputação – são igualmente importantes, se não mais. As opções convencionais, como a prestação de serviços, são boas para o capital de carreira, mas não excepcionais. O melhor capital de carreira vem de conquistas impressionantes.

É por isso que fazer algo menos convencional, como iniciar sua própria organização, às vezes pode ser o melhor caminho para acumular capital de carreira. Se você tiver sucesso, será impressionante. Mesmo que você não tenha sucesso, aprenderá muito e poderá conhecer muitas pessoas interessantes. Então, se você está realmente motivado por um novo projeto que você acha importante, considere-o seriamente como um caminho para obter capital de carreira.

Mas você não precisa se tornar um empreendedor. Você pode construir esses aspectos sutis do capital de carreira em quase qualquer trabalho, se você tiver um bom desempenho. Fazer um ótimo trabalho constrói sua reputação e permite que você faça conexões com outras pessoas competentes. Se você se esforçar em fazer um ótimo trabalho, provavelmente também aprenderá mais.

Há muitos casos em que alguém transformou o sucesso em um campo em sucesso em outro, usando a reputação e as conexões que conquistaram. Por exemplo, Sheryl Sandberg começou em consultoria, depois trabalhou no Tesouro Nacional e agora é Diretora de Operações do Facebook.

Arnold capital de carreira flexível
Arnold Schwarzenegger transformou seu sucesso no fisiculturismo em sucesso como uma estrela de cinema, que então ele transformou em sucesso como político.

Isso significa que, se você quer construir capital de carreira, vale a pena considerar qualquer área em que você se encaixa bem, mesmo que não pareça uma boa opção em geral. Musculação geralmente não é algo que vai fazer avançar sua carreira, mas Arnie fez isso acontecer. Falaremos sobre como avaliar sua aptidão pessoal no próximo artigo .

Se você se preocupa com impacto social, é especialmente útil ter conquistas que envolvam fazer o bem. Isso significará que você conhecerá pessoas que se importam profundamente com o impacto social, e isso será mais útil do que conhecer muitos contadores.

Um ótimo exemplo que conhecemos é Niel Bowerman. Ele realmente se importava com as mudanças climáticas enquanto estava na universidade. Isso o motivou a melhorar suas habilidades de advocacia e o colocou em contato com grandes pessoas, o que o levou a conquistas impressionantes, como a criação de um centro de pesquisas (think tank). Hoje, no entanto, ele trabalha com outros riscos para o futuro, como pandemias, em vez de mudanças climáticas. Ele foi capaz de transferir suas habilidades, reputação e conexões para outra área.”Eu assisti vídeos online de 80.000 horas, ficando acordado bem além da hora de dormir, e foi uma das noites mais formativas da minha vida.”

Foto do retrato de Niel

Como vimos em nosso artigo sobre satisfação no trabalho , fazer o que contribui é uma boa estratégia tanto para ajudar os outros quanto para estar pessoalmente satisfeito. Como vimos agora, também se revela uma boa estratégia para construir capital de carreira. Se você tentar fazer o que é mais importante para o mundo, aprenderá habilidades úteis para ajudar aos demais, conquistará feitos impressionantes e estabelecerá as conexões certas.

Como você pode obter capital de carreira flexível em qualquer trabalho?

Você não precisa mudar de emprego para construir capital de carreira. Assim como qualquer pessoa pode ter um grande impacto em qualquer trabalho através de doações ou advocacia , você pode construir capital de carreira em qualquer trabalho se usar bem o seu tempo.

Nós explicamos como em um artigo posterior:

Conclusão:

Você pode não ter certeza da melhor forma de contribuir hoje, e pode suspeitar que tenha poucas habilidades valiosas, mas tudo bem.

Se você deseja fazer uma grande diferença no mundo, precisa ter algo de valioso para contribuir. Suba de nível antes de enfrentar o chefão.

Embora gostemos de histórias daqueles que aparentemente alcançaram fama instantânea e sucesso cedo, como a Forbes 30 abaixo de 30, eles não são a regra. Além daqueles que tiveram sorte, por trás da maioria das grandes realizações estão muitos anos dedicados à construção de habilidades.

Vimos pessoas transformando suas carreiras fazendo coisas como aprender a programar, serem orientadas pelo chefe certo, e indo para a escola de pós-graduação certa.

Se você se concentrar em construir um capital de carreira valioso e flexível, poderá também ter uma carreira mais impactante e satisfatória.

7 Aplique isso a sua própria carreira

  1. Analise todos os quatro caminhos para o capital de carreira e as formas de obter capital de carreira em qualquer trabalho e anote três novas formas de obter capital de carreira.
    • Você pode trabalhar em uma organização em crescimento e de alto desempenho?
    • Você tem uma boa opção para estudos de pós-graduação?
    • Você pode fazer algo que lhe ensine uma habilidade valiosa?
    • Existe uma opção onde você fará algo impressionante, especialmente se for relevante em termos de impacto social?
  2. Qual é o capital de carreira mais valioso que você já tem? Identificar o seu capital de carreira mais valioso pode lhe dar pistas sobre o que você fará melhor, e ajudá-lo a convencer os empregadores a contratá-lo. Revise cada uma das categorias:
    • Habilidades que você pode dividir em (i) habilidades transferíveis, (ii) conhecimento e (iii) traços de personalidade,
    • Conexões
    • Credenciais:
    • Plano de emergência.
  3. Se você está no início de sua carreira, faça o nosso teste de carreira . Selecione “início de carreira” e ele classificará as opções principalmente por seu potencial de capital de carreira.
  4. Se você está avançado em sua carreira, dê uma olhada nos nossos conselhos por área .

Agora, nós exploramos quais opções visar a longo prazo e como trabalhar em relação a elas. No próximo artigo, explicaremos como filtrá-las.

Leia o próximo capítulo – Parte 8: Como encontrar o emprego certo para você

Notas

  1. Nome alterado (originalmente esse capítulo era chamado “Quais empregos colocam você em uma posição melhor?” e então foi alterado para “As duas formas mais comuns pelas quais as pessoas acidentalmente sabotam sua carreira desde cedo”. Optamos por manter ambos os títulos).
  2. Um grande estudo nos EUA descobriu: O perfil médio do ciclo de vida é obtido a partir de dados em painéis ou seções cruzadas repetidas, por regressão logarítmica dos ganhos individuais em um conjunto completo de idades e dummies de coorte (ano de nascimento). Os dummies de idade estimados são plotados como círculos na Figura 3 e representam o perfil médio do ciclo de vida dos ganhos em log. A figura tem o padrão habitual em forma de corcunda que atinge o pico por volta dos 50 anos. Um dos aspectos mais importantes de um perfil do ciclo de vida é o crescimento implícito dos ganhos médios ao longo do ciclo de vida (por exemplo, dos 25 aos 55 anos). É bem conhecido que a magnitude deste aumento é muito importante para muitas questões econômicas, dado que tamb´me é um forte determinante na solicitação de empréstimos e na formação de poupança. Em nossos dados, esse aumento é de cerca de 80 pontos log, que é cerca de 127%.
    O que os dados sobre milhões de trabalhadores dos EUA revelam sobre o ciclo de vida de seus risco de renda?; Fatih Guvenen, Fatih Karahan, Serdar Ozkan, Jae Song; Relatório do pessoal nº 710 de fevereiro de 2015; Link arquivado
    Esperamos que os números sejam semelhantes em outros países. O pico pode ser 10 anos mais baixo, mas isso não muda a conclusão básica.
  3. Em um extremo, alguns campos são caracterizados por picos relativamente precoces, geralmente por volta dos 30 ou 20 anos em unidades cronológicas, com descidas um pouco íngremes depois, de modo que a taxa de renda se torna menor que um quarto do máximo. Esse padrão de idade aparentemente persiste para empreendimentos como poesia lírica, matemática pura e física teórica, por exemplo (Adams, 1946; Dennis, 1966; Lehman, 1953a; Moulin, 1955; Roe, 1972b; Simonton, 1975a; Van Heeringen & Dijkwel). 1987). No extremo contrário, as tendências típicas em outros empreendimentos podem apresentar um aumento lento para um pico comparativamente tardio, no final dos 40 ou mesmo 50 anos em ordem cronológica, com uma queda mínima, se não em grande parte ausente, depois. Essa curva mais alongada se aplica a domínios como a literatura, história, filosofia, medicina e profissões acadêmicas em geral, por exemplo (Adams, 1946; Richard A. Davis, 1987; Dennis, 1966; Lehman, 1953a; Simonton, 1975a). Naturalmente, muitas disciplinas exibem curvas de idade entre esses dois limites, com uma taxa máxima de produção em torno da idade cronológica 40 e um declínio notável porém moderado (ver, por exemplo, Fulton & Trow, 1974; Hermann, 1988; McDowell, 1982; Zhao e Jiang, 1986)
    De Simonton, Dean K. “Idade e realizações notáveis: o que sabemos após um século de pesquisa?” Boletim de Psicologia 104.2 (1988): 251. Link arquivado
    Idade média de CEOs e presidentes tirada da publicação de Shane Snow. “Estas são as idades em que fazemos o nosso melhor trabalho “, Fast Company, 2016, Link arquivado .
    A figura para a química é tirada da idade média que as pessoas fazem um trabalho vencedor do Prêmio Nobel neste campo, que é 39. A fonte é Jones 2014, que é referenciado abaixo.
  4. Por exemplo, no final do século 20, pesquisas ganhadoras do Prêmio Nobel são realizadas por pessoas com uma idade média 6 anos mais velha que era no início do século. Jones, Benjamin, EJ Reedy e Bruce A. Weinberg. Idade e gênio científico. Número w19866. National Bureau of Economic Research, 2014. Link arquivado .
  5. Ericsson demonstra que para alcançar um desempenho de nível mundial geralmente se faz necessário de 10 a 30 anos de prática focada. É discutível se esse nível de prática será suficiente para garantir a excelência, mas todos concordam que é esse nível é indispensável para alcançar a excelência.
    A pesquisa de Ericsson é resumida aqui: Ericsson, K. Anders, et al., Eds. O manual de Cambridge de excelência e desempenho excepcional. Cambridge University Press, 2006. Também disponível no excelente, novo e popular resumo do mesmo autor, Peak. ( Link da Amazon )
    Aqui está uma revisão popular de Scott Barry Kaufman que aponta alguns dos limites da prática deliberada: A Complexidade da Grandeza , Scientific American, Link arquivado .
    Esta meta-análise também descobriu que a prática deliberada explica uma pequena quantidade do desempenho em profissões e em educação. Também explica mais desempenho em áreas previsíveis, em vez de imprevisíveis: Macnamara, Brooke N., David Z. Hambrick e Frederick L. Oswald. “Prática deliberada e desempenho em música, jogos, esportes, educação e profissões, uma meta-análise.” Ciência psicológica 25.8 (2014): 1608-1618. Link arquivado .
  6. Em 2004, Frank Levy e Richard Murnane escreveram que “executar uma curva à esquerda em meio ao tráfego envolve tantos fatores que é difícil imaginar que descobriremos o conjunto de regras que podem replicar o comportamento de um motorista”. Hoje, veículos autônomos já são comuns perto dos campus do Google nas estradas de Mountain View na Califórnia.
    “A nova divisão do trabalho” de Frank Levy e Richard Murnane (2004). O capítulo 2 é intitulado “Por que as pessoas ainda são importantes”. Link arquivado , recuperado em 27 de fevereiro de 2017
  7. No capítulo 1 de Superinteligência, de Nick Bostrom, publicado em 2014, ele faz diversas previsões relacionadas a IA e projeta que um computador não conseguirá superar o melhor jogador humano de Go pelos próximos10 anos. No entanto, isso foi realizado pelo Alpha Go do Google DeepMind em março de 2016: Em março de 2016, o AlphaGo venceu por 4 a 1 o lendário Lee Sedol, o melhor jogador do mundo nos últimos dez anos. Os jogos aconteceram no Four Seasons Hotel, em Seul, Coréia do Sul, nos dias 9, 10, 12, 13 e 15 de Março e foram transmitidas no canal da DeepMind no YouTube, bem como na TV Baduk na Coreia, e na China, Japão e em outros lugares. Link arquivado , recuperado em 24 de junho de 2016.