Parte 12: Como nossa comunidade pode ajudar

NOTA: essa é uma tradução não oficial do Guia de Carreiras original e pode não corresponder a versão mais atualizada, a qual pode ser acessada em: https://80000hours.org/career-guide/community/

A forma mais poderosa de melhorar sua carreira. Participar de uma comunidade.

Não são muitos estudantes do segundo ano que conseguiriam começar do zero uma entidade filantrópica multimilionária. Porém, quando Ilan visitou a comunidade altruísmo eficaz em Oxford, ele descobriu a oportunidade ímpar de iniciar uma ONG para pesquisar as formas mais eficazes de acabar com a pecuária industrial.

Através da comunidade, ele recebeu aconselhamento, financiamento, e ajuda com o webdesign. Hoje, a Animal Charity Evaluators já direcionou mais de 5 milhões de dólares em doações para as organizações escolhidas e tem um orçamento anual de meio milhão de dólares.

Se o Ilan tivesse apenas distribuído cartões de visita em conferências de networking, isso provavelmente jamais teria acontecido. E isto ilustra exatamente o que muitas pessoas não percebem acerca do networking: o imensurável valor de se juntar à uma incrível comunidade.

Se você se torna um respeitado membro da comunidade, poderá ganhar centenas de aliados em potencial de uma só vez, porque uma vez que alguém deposita a confiança em ti, esta pessoa pode te apresentar a todos os demais. Parece networking, mas é mil vezes mais rápido.

Na verdade, se envolver com a comunidade certa é, numa única tacada, a melhor coisa a se fazer para conquistar amigos, avançar em sua carreira e ter um impacto muito maior. Você irá não só aprimorar suas conexões e afinidades, mas também seu conhecimento, caráter e motivação.

Neste artigo, iremos explicar como nossa comunidade pode ajudar, e como se envolver. Se você decidir que quer se envolver agora mesmo, a coisa mais simples a se fazer é entrar em contato com a comunidade do Altruísmo Eficaz.

Porque se juntar a uma comunidade é benéfico

Existem muitas comunidades excelentes por aí. Nós aproveitamos muito ao participar da comunidade de empreendedores da Y
Combinator’s
 – isso nos tornou bem mais ambiciosos e capacitados para administrar uma startup… assim esperamos, ao menos. Nós também gostamos de ter participado da comunidade de empreendimentos sociais da Skoll, da “cena” filosófica de Oxford, da Young Global Shapers, ligado ao Fórum Econômico Mundial, e várias outras.

Se juntar a qualquer boa comunidade pode impulsionar muito sua carreira. Em parte, porque você ganhará todos os benefícios que as conexões trazem, como dito anteriormente: conseguir empregos, informações atualizadas e se tornar mais motivado. Mas vai bem além disso.

Suponhamos que você queira construir e vender um software. Uma das maneiras de fazer isso é aprender todas as habilidades necessárias – design, engenharia, marketing e assim por diante.

Outra maneira muito melhor é formar um time com habilidades nestas diversas áreas e, então, construírem juntos. Apesar dos lucros terem que ser divididos, os ganhos também serão muito maiores, então todos saem ganhando.

O necessário para formar este time é a especialização: cada pessoa se foca numa habilidade específica, ficam excelentes nela, tornando-as muito mais efetivas.

Outro fator é que as pessoas da equipe podem dividir os custos fixos – podendo dividir o registro da empresa, procedimentos operacionais e assim por diante. E não fica três vezes mais difícil conseguir três vezes mais capital dos investidores. Isso permite que eles alcancem economia de escala.

Em resumo, nós conseguimos o que é chamado de “ganhos com comércio”. Três pessoas trabalhando juntas podem atingir muito mais que três vezes mais o que um indivíduo atinge sozinho.

É a mesma coisa quando estamos praticando o bem. Ao invés de todo mundo tentar fazer tudo, é mais efetivo para as pessoas que elas se especializem e trabalhem juntas.

Uma coisa especialmente boa acerca da troca, é que você pode praticá-la com pessoas que não compartilham seus ideais. Suponhamos que você dirija uma ONG pró direitos dos animais e conheça alguém que dirige uma ONG pró saúde global. Você não acha que saúde global é um problema prioritário, e a outra pessoa não acha que direito dos animais é um problema prioritário, então nenhum dos dois acredita que a ONG do outro tem muito impacto. Mas suponhamos que você conheça um doador que poderia doar para a ONG do outro, e o outro conhece um que poderia doar para a sua. Vocês podem trocar: se ambos apresentarem tais pessoas um ao outro, o que tem um custo minúsculo, ambos terão achado um novo doador, o que seria um enorme benefício.

Os dois se beneficiam muito por um custo irrisório, logo, ambos ganham. Isto mostra o valor de participar de uma comunidade, mesmo que as pessoas tenham objetivos diferentes dos seus. Dito isto, é muito melhor participar de uma comunidade com pessoas que compartilham dos seus objetivos. Exatamente por isso queremos colocar em destaque e falar sobre uma comunidade que bastante gente ainda não ouviu falar: a comunidade do altruísmo eficaz.

Como a comunidade do Altruísmo Eficaz pode impulsionar sua carreira?

“Altruísmo eficaz – esforços que realmente ajudam pessoas ao invés de apenas fazer você se sentir bem ou te ajudar a aparecer – é uma das grandes novas idéias do século XXI.” Steven Pinker, docente de Psicologia da Universidade de Harvard e autor do livro “Os Anjos Bons da Nossa Natureza”.

A comunidade do altruísmo eficaz é um grupo de pessoas dedicadas a usarem a evidência e a razão para descobrir as formas mais efetivas de ajudar o próximo, como através de doações, ativismo político e as próprias carreiras.

Nós ajudamos a iniciar essa comunidade em 2012, junto com vários outros grupos. Se você gosta das ideias contidas no nosso guia, existem vários excelentes motivos para você se envolver.

Nós conhecemos pessoas que estão envolvidas com a McKinsey, Harvard Business School, com o Programa Fulbright, com o Fórum Econômico Mundial e outras redes de prestígio, mas muitos deles dizem que acham mais útil conhecer pessoas na comunidade do altruísmo eficaz. Por quê?

Em parte, porque através da comunidade nós nos deparamos algumas das pessoas mais altruístas, inteligentes e de alta realização que conhecemos. Neste estágio, temos mais de 100 encontros ao redor do mundo e mais de 10 conferências por ano, incluindo na África e na Ásia.

Mais que isso: os membros da comunidade realmente executam tarefas – eles conseguiram bilhões de dólares para ONGs eficazes, fizeram pesquisas inovadoras, e fundaram mais de 10 organizações cujo objetivo é fazer o bem.

Mas um motivo ainda maior é o que dissemos sobre trocas. As pessoas podem trabalhar com quem não compartilha dos mesmos valores porque poderão trocar aquilo que têm baixo custo para elas, mas um grande benefício para outras pessoas. Mas se você compartilha objetivos com essas pessoas, então não precisará sequer trocar.

Na comunidade do altruísmo eficaz, as pessoas compartilham um objetivo comum: ajudar o outro o máximo possível. Então, se você ajuda alguém a ter um maior impacto, você estará aumentando o seu impacto também. Nisso, os dois prosperam.

Isso significa que você não precisa se preocupar em receber favores de volta para ficar quite. Apenas ajudar alguém já tem grande impacto. Isso desencadeia muito mais oportunidades para trabalhar junto, oportunidades essas que não valeriam tanto numa comunidade onde as pessoas não compartilham seus objetivos dessa maneira. E porque existem várias maneiras de ajudarmos uns aos outros, isso faz com que atinjamos muito mais. (Falando em termos técnicos, os “custos de transação” e o “dilema da agência” são drasticamente reduzidos).

Ganhar para doar” pode ser um bom exemplo deste tipo de colaboração. No início da 80.000 horas, Ben e Matt tiveram que escolher entre chefiar a organização ou ganhar para doar. Nós percebemos que o Matt tinha um maior potencial de ganhar dinheiro, e o Ben seria melhor cuidando da organização. Em parte, é por isso que o Ben virou o CEO, e o Matt se tornou o nosso primeiro grande doador, assim como deu capital semente para várias outras organizações. A alternativa a isto seria ambos ganharem para doar, e se fosse assim, 80.000 horas não existiria. Ou, ainda, os dois poderiam ter trabalhado na 80.000 horas, e nesse caso teria demorado muito mais tempo para captar recursos e funcionar (e as outras organizações não teriam recebido o que receberam).

Dentro da comunidade como um todo, algumas pessoas são relativamente melhores em ganhar dinheiro, e outras em cuidar de ONGs. Nós podemos atingir muito mais se as pessoas boas em receber dinheiro ganharem para doar, financiando todo o resto.

Existem vários outros exemplos de como podemos trabalhar juntos. Em exemplo, algumas pessoas podem explorar novas áreas e compartilhar a informação com todas as outras pessoas, permitindo que todos sejam mais efetivos a longo prazo. Ou as pessoas podem se especializar em detrimento de precisarem ser generalistas.

O Dr. Greg Lewis fez uma pesquisa com o objetivo de saber quantas vidas um médico salva, como vimos anteriormente. Depois de perceber que era menos do que ele pensou, ele decidiu não se focar na medicina clínica. Agora, ele estuda saúde pública com o objetivo de se tornar um especialista nesse assunto dentro da comunidade, particularmente em assuntos relacionados a pandemias. Na verdade, ele acha que os riscos provenientes da inteligência artificial podem ser mais urgentes no geral, mas, como médico, ele é relativamente melhor trabalhando com assuntos relacionados à saúde.

Por todos esses motivos, se você compartilha dos objetivos da comunidade do altruísmo eficaz, essa pode ser uma comunidade excepcionalmente forte para se fazer parte.

E se você gostou do guia, é fato que você irá compartilhar vários objetivos com as pessoas da comunidade. Então aqui está seu próximo passo.

Como participar

A coisa mais fácil que você pode fazer agora é se juntar à nossa comunidade local no Brasil ou assinar nossa newsletter (conteúdo em inglês). Na newsletter você receberá alguns emails que apresentam as ideias-chave; uma atualização mensal com novas pesquisas; e receberá avisos das principais conferências todo ano.

Se você quer aprender mais sobre as ideias fundamentais da comunidade, leia esta introdução e o seguinte manual.

Para uma introdução mais leve, leia Doing Good Better (Fazendo o Bem Melhor, ainda não traduzido para o português), livro escrito por nosso co-fundador Will MacAskill (apesar de estar meio desatualizado), ou assista ao TED talk dele. Steven Levitt, autor de Freakonomics, disse que o livro “deveria ser leitura obrigatória para qualquer um interessado em fazer do mundo um lugar melhor”.

Formas de conhecer pessoas

Uma vez que você começar, tente conhecer pessoas pessoalmente, porque essa é a melhor maneira de achar conexões que podem realmente ajudar sua carreira. A melhor maneira de fazer isso é indo à uma conferência global do Altruísmo Eficaz. Todo ano, conferências EA Global e conferências EAGx organizadas pela comunidade são feitas ao redor do mundo. Para ser notificado das próximas datas, inscreva-se na newsletter do altruísmo eficaz (conteúdo em inglês).

Depois de conhecer pessoas na comunidade, peça para ser apresentado a mais pessoas. Alternativamente, você pode ir a um encontro local, ou pode participar da discussão online no fórum do Altruísmo Eficaz (em inglês).

Quando estiver conhecendo pessoas, comece por conhecer pessoas na mesma situação que você, pois haverá oportunidade de ajuda mútua. Daí então, tente conversar com pessoas que estão um passo ou dois à frente de você na carreira desejada (ex.: se você quer iniciar uma ONG, conheça pessoas que começaram uma ano passado).

Enquanto estiver se aproximando e se envolvendo, procure distribuir “favores de 5 minutinhos” – maneiras rápidas de ajudar as pessoas na comunidade. Provavelmente existem pequenas coisas que você pode fazer que serão de grande ajuda para todos os outros, algo como apresentá-los a alguém ou indicá-los um bom livro. Isso vai não só gerar um bom impacto, como também lhe permitirá conhecer ainda mais gente.

Outra forma de participar mais é visitar, ou se mudar para, algum grande centro onde a comunidade é bem ativa. Por exemplo, São Francisco, Londres, Oxford, Cambridge, Berlim, Boston, Melbourne, Sydney, Nova Iorque e Vancouver. Leia aqui mais sobre o por quê e como visitar.

Veja mais dicas sobre como participar e como construir conexões.

Como podemos trabalhar juntos mais efetivamente?

Se você já está participando, há muita coisa a ser dita sobre como trabalhar juntos de uma melhor forma, e nós ainda temos muito o que aprender. Aqui está uma palestra que demos sobre isso, e para mais detalhes leia nossos artigos sobre “lacunas de talento” e sobre “o valor da coordenação”. Também leia Moral Trade, um trabalho acadêmico escrito por um de nossos conselheiros, Dr. Toby Ord, e também Considering Considerateness, um artigo da nossa ONG-irmã.

No próximo artigo, iremos resumir todo o nosso guia de carreiras em um minuto.